Quando o comprador adquire um apartamento de uma pessoa jurídica, como é o caso da SRX, por exemplo, a empresa tem a obrigação de entregar a matrícula atualizada do imóvel, a certidão de IPTU informando sua situação fiscal junto à Prefeitura, o Habite-se e a planta aprovada pelos órgãos oficiais e assinada por um arquiteto ou engenheiro responsável. 

Prepare-se, também, para checar se está tudo em ordem em relação aos seus próprios documentos para comprar o imóvel. Quando a compra for realizada à vista, a lista de papéis é um pouco mais simples, e exige RG, CPF, extrato do banco, declaração do Imposto de Renda, comprovante de renda e de endereço atual.

Se a opção de pagamento escolhida for através de financiamento, providencie todos os mesmos documentos para comprar o imóvel listados acima, bem como certidão de estado civil e escritura pública de pacto antenupcial. Serão necessárias, também, suas certidões negativas e, no caso de você ser comerciante, um comprovante de quitação de tributos federais.

É sempre importante lembrar que, na hora de fazer o contrato de compra e venda, é preciso ter a orientação de um advogado especialista. Ele fará com que todos os trâmites sejam obedecidos à risca, não deixando faltar nenhum detalhe.